04 setembro 2007

Agora vai...

4 comentários:

iagê disse...

Acho complicada a crítica tal como propões, Kayser. É óbvio que a lei seca não vai resolver o problema da violência urbana. Mas é um tanto perigoso ignorar a complexidade desse fenômeno, ou a ligação entre álcool e homicídios (inclusive no trânsito), pois isso abre caminho a algumas propostas ultrapassadas para a segurança urbana, que a própria esquerda sustenta, às vezes sem saber, tal como a direita.

Entendo a lei seca (evidente que alguns ajustes podem e devem ser feitos, mas o que sustento é que ela não é uma medida ruim em si, ou ruim-porque-é-da-yeda) como o ponto de partida para uma política pública necessária. Não é suficiente, repito, mas é necessária.

Enfim, vim aqui me meter só para abrir o debate. Parabéns pelo trabalho!

Um abraço,

Iagê

Kayser disse...

Iagê, não sou contra a "Lei Seca", só acho insuficiente. Muuuuito insuficiente.

El Barto disse...

concordo! o goverlixo rorato tá pregando a lei seca como a cura para todos os males... e o resto?

lucas disse...

eu discordo da lei seca por uma simples razão: o estado não pode me tirar o direito de beber cerveja quando eu quero. estamos caminhando no sentido oposto da descriminalização das drogas: agora vamos criminalizar alcool também.

além do mais, o argumento da lei seca é pra reduzir HOMICÍDIOS, que é a única coisa que caiu nos últimos 10 anos. NENHUM SENTIDO.