01 março 2009

Paciência tem limite!

Eu tenho sido um cara paciente. Até parei de vaiar o Roth quando anunciam o seu maldito nome nos autofalantes do Olímpico. Mas tem coisas que não dá mais para aturar.
Não dá para aturar um cara que desmancha um time que jogou bem três dias antes para colocar o Diogo. Um time que jogou bem, mas não conseguiu marcar gol. Aí, o idiota tira um atacante para colocar o horroroso volante Diogo. Logo o Diogo, que não poderia vestir a camiseta do Grêmio nem se comprasse na lojinha do clube! Esse Diogo é um Nunes piorado! Nem falta no adversário ele consegue fazer.
Aliás, essa é outra coisa que não dá mais para aturar: levar gols de falta e de escanteio. Se minha combalida e irritada memória não estiver me traindo, são três derrotas seguidas em Gre-Nal nas quais o Grêmio sofreu sete (SETE!!!) gols de bola parada! O que faz essa porra de treinador que não consegue marcar eficientemente uma prosaica bola parada? Como é possível tomar um gol de uma falta frontal como a do gol do Índio?!? E o Rever estava marcando quem no gol do Magrão? Perdemos o Brasileirão do ano passado muito por causa de gols sofridos em cobranças de escanteio, em jogos como o Gre-Nal dos 1x4 e o 1x2 contra o Goiás (em que o grandalhão Marcel ficava no primeiro pau e saía do lugar na hora da cobrança, permitindo o gol-olímpico do Paulo Baier). Se ao menos o time fosse capaz de marcar gols de bola parada. Mas nem isso! Há quanto tempo o Grêmio não faz um gol em cobrança de escanteio?
Mais: é inadmissível tomar gols-relâmpago, como no Gre-Nal anterior, como no início do segundo tempo deste Gre-Nal e como no jogo contra o Cruzeiro, no Mineirão, quando tomamos um gol "no minuto de silêncio".
Esse Roth é muuuuito ruim! O pouco que ele, por acaso, consegue acertar, ele estraga na hora decisiva. É hora de mudar enquanto ainda é tempo. Do jeito que vai, na Libertadores, a ruindade do Roth nos custará muito caro!

Um comentário:

Cassiano Bertol Leal disse...

O que eu não entendo é o seguinte....
No ano passado, a direção mandou embora um baita treinador porque ele peitava o falastrão do Paulo Pelaipe. Pra desgraça de qualquer gremista, trouxeram o Celso Roth (talvez pior, só o Claudião).
Roth começou o trabalho perdendo gauchão e Copa do Brasil rapidamente. Teve tempo de sobra pra preparar o time pro Brasileirão. Foi até bem, o time era aguerrido, tinha vontade. Mas na hora de mostrar a que veio, sempre alguma cagada.
Não ganhou o Brasileirão.
A direção do Grêmio fez o quê? Ora, o lógico! Um treinador que disputou três campeonatos e perdeu os três leva o quê?
UM AUMENTO DE SALÁRIO!
A culpa não é do Roth. Esse é malandro! Saiu do Brasileiro aclamado pela imprensa nacional como um dos melhores técnicos do país, e agora ganha 1 milhão de Reais a cada dois meses! :-O
Trouxa é a diretoria do Grêmio, que dá prêmio pra quem não ganha nada!