04 janeiro 2008

Se fosse assim tão simples...

Morrem dezenas a cada final de semana. Se as pessoas não têm medo de perder a própria vida, certamente não terão medo de punições obviamente mais amenas do que a morte. Assim, mesmo que a RBS tenha ordenado o contrário, ou que as leis de trânsito fiquem mais severas, a violência no transito continuará. E continuarão todos os problemas decorrentes da nossa dependência excessiva do automóvel.

Um comentário:

zealfredo disse...

Pode ser, Kayser. Pode ser.
Mas eu acredito que as pessoas, ou algumas pessoas temem mais o seu bolso que a sua vida.
Acredito que se acontecesse de alguém ser pego em flagrante dirigindo bêbado, ir passar seis meses na penitenciária, talvez diminuíssem os acidentes, e, consequentemente, os mortos e feridos nas nossas ruas e hospitais.