28 outubro 2007

Mais uma batalha

Assim como havia acontecido contra o Atlético (MG) e contra o Goiás, mais uma vez o Grêmio iniciou uma partida no Olímpico de modo desorganizado e sendo dominado pelo adversário. O Náutico saiu na frente. Mas logo Tuta mostraria, em um mesmo lance, todas as virtudes que o caracterizaram nessa temporada: lentidão, gordura e imprecisão. Nosso paquidérmico avante foi lançado e iria perder na corrida para o zagueiro, mas deu uma trombada nele. Graças ao sobrepeso, acabou jogando o marcador longe e ganhando a frente da jogada. Então, Tuta olhou para a área e cruzou para Marcel. Um cruzamento totalmente equivocado que acabou entrando no ângulo do goleiro do adversário. Golaço! O resto da partida seguiu nesse ritmo louco e imponderável. No final, faturamos o Náutico mais uma vez.

Um comentário:

Rodrigo Cardia disse...

Dentre as maluquices: o Marcel, depois de perder um gol imperdível (aquele tropeção na bola), fez dois NO MESMO JOGO! E um deles, ainda, foi gol de centroavante: tirou a bola do goleiro e colocou para a rede. Só contra o Náutico mesmo para algo assim acontecer...

Abraços!