16 maio 2007

O dólar furado

Há tempos que eu estava querendo postar essas charges. São de 2002 e revelam como foi desalentador aquele final de governo FHC. Depois das chantagens durante a campanha eleitoral, aquele clima de alarmismo que atingiu o ápice com o medo da Regina Duarte, veio o clima de fim de festa. Ou de velório. Dólar disparando, Risco-Brasil estratosférico, juros altíssimos e a inflação voltando.


Durante a campanha eleitoral, o dólar passou de R$ 4,00. A culpa era do “Risco Lula” ou de alguma bobagem do tipo. Finda a campanha, o dólar continuou alto. Assumindo o Lula, o dólar caiu. Logo, o risco não era o Lula! O risco era o FHC que detonou o pouco que ainda sobrava da nossa economia para tentar ganhar a eleição e, depois de derrotado, sabotar o início de governo do seu sucessor. Durante o Governo Lula, o real foi sendo gradativamente valorizado em relação ao dólar!




Pois ontem, depois de seis anos, a cotação do dólar ficou abaixo de R$ 2,00. Sem falar na queda gradual dos juros, do Risco-Brasil, da inflação... Enfim, o Lula pode não ser o “artigo”, mas o FHC era dose para Yeda nenhuma botar defeito!

Um comentário:

Guga Türck disse...

Aê, Kayser!

Tive q mencionar este post lá no Alma. E usei a charge do meio.

Grande!!!
Abração.