26 fevereiro 2008

FEBEAPÁ

Se a grande mídia já nos brinda diariamente com um inesgotável repertório de ignorância e burrice, como se poderia esperar algo diferente da pequena mídia? Não falo da mídia alternativa, mas da pequena mídia que gostaria de ser grande. No caso específico que passo a relatar, a pequena mídia é uma rádio do interior.

Estava eu no balneário Cassino procurando notícias sobre o Imortal Tricolor Por Enquanto Ainda da Azenha. Tentando sintonizar a Gaúcha ou a Band, acabei sintonizando uma rádio local no meio das duas. Creio que era a Rádio Pelotense AM 620. O Locutor lia os fatos históricos que haviam acontecido naquele dia, digamos 10 de fevereiro, em anos passados. Ao final, o pensamento do dia. Para minha surpresa, ao invés de uma baboseira do tipo auto-ajuda, uma frase hilariante:

“Uma feijoada só é realmente completa quando tem uma ambulância de plantão.”

Frase de Stanislaw Ponte Preta, completou corretamente o locutor, lendo sua cola. Aí o cara resolveu demonstrar sua cultura e comentar a frase. De improviso, lascou:

-Tá certo. Stanislaw Ponte Preta, já foi presidente do Brasil...

A única explicação que me ocorre é que o energúmeno confundiu Stanislaw com Venceslau. Fico imaginando o que diria o genial Sérgio Porto a respeito...

3 comentários:

Rodrigo Cardia disse...

Kayser, desculpa o palavreado, mas diante disso não tenho como deixar de dizer "puta que pariu"! Se o pseudônimo do grande Sérgio Porto fosse "Stanislaw Brás", seria um pouco menos pior...

Abração e bom retorno!

Jens disse...

Acho que o cara foi tomado pelo espírito do Samba do Crioulo Doido, composto pelo Stanislaw. "E foi proclamada a escravidão".

Anônimo disse...

Não é de admirar. Tantas são as baboseiras que a maioria serve para registro no anedotário radiofônico. Escutar alguns programas serve para acompanhar os absurdos cometidos por quem se julga estar com "aquela bola", auto-louvações, vícios de linguagem (pois é , brincadeira, né, tá í, viu, e aí, enfim,), alguns esquecem que estão no microfone e falam gritando, "olha a hora" gritam por que ? Se o ouvinte quiser pode aumentar o volume dos om ! É barra pesada a qualidade das emissoras de rádio.
Sem qualquer padrão, a não ser promover a anti-cultura e educação.
E ainda se arvoram em criticar o trabalho de outros. Nem sabem ler ! Como pode um administrador de emissora de rádio permitir tamanho pecado ?
É uma perversidade contra os massacrados ouvintes.
Auto-louvação e analfabetismo dominam as emissoras de rádio.
Lástima !